Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Tudo Mesmo o que me Apetecer

Local para debates, trocas de opiniões, sem constrangimentos ou filtros! Obs.: Em caso de dúvida, a identidade de género, diz que sou uma "menina"...

Tudo Mesmo o que me Apetecer

Local para debates, trocas de opiniões, sem constrangimentos ou filtros! Obs.: Em caso de dúvida, a identidade de género, diz que sou uma "menina"...

Estão sós, mas...

Novembro 25, 2018

Tudo Mesmo

https://ionline.sapo.pt/635763

Acabei de ler este arigo que dá uma ideia de até onde o nível de audiências pode chegar, com base em falta de "pessoas" para se poder interagir. Por mim, estou-me positivamente a borrifar se o programa dos "nus" vai resultar ou não.

A empatia ou química que na realidade tem que existir para no mínimo podermos, no mínimo, falar uns com os outros, está a "descer" de nível. Tudo é plausível e permitido.

As pessoas inscrevem-se em sites de encontros porque estão sós. Sim, há pessoas nessas situações, mas também, de certeza, deve haver outras que lhes dá "gozo" fazê-lo. Conhecer o outro dá trabalho. São anos. E, é muito mais fácil, mudar para a "porta" ao lado do que minimamente estar interessado/a na outra pessoa, com todo o seu lado positivo e negativo.

E, continuamos a "descer" na forma de estar, de nos relacionarmos com os/as outros/as até aonde? Qual o limite? Queixamo-nos, mas os programas tv são uma imagem da nossa sociedade.

12 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D